Estudante de escola pública ganha bolsa em várias universidades internacionais

Rhayssa Braz, estudante de 18 anos de uma escola pública de Santos, São Paulo, decidiu dar um passo firme nos estudos e se candidatar a várias universidades estrangeiras.

Teve sucesso em dez deles e acabou escolhendo o programa da Zayed University e da Minerva University, por meio deles Rhayssa passará por oito campi no planeta. No entanto, agora ele está procurando economizar dinheiro para começar esta jornada.

Além disso, antes dessas conquistas, a jovem já pesquisava bolsas em universidades estrangeiras, e até ganhou uma bolsa para a Universidade de Cambridge, na Inglaterra, mas por problemas financeiros, teve que adiar o sonho.

Além disso, participou em 44 processos seletivos em universidades internacionais, dos quais 43 nos Estados Unidos e um em Portugal.

Rhayssa explica que fez uma extensa pesquisa sobre cada instituição para poder escolher aquela que oferecesse as melhores condições para os imigrantes.

“Normalmente as pessoas se inscrevem para 20, porque tem um site que coleta informações acadêmicas e manda para eles, mas comecei a pesquisar. Solicitei 44, para ter certeza de que vou ser admitido, porque fiz todo o processo por conta própria” , disse a jovem no portal G1.

Aprovado em 10 universidades estrangeiras
No início de julho, o aluno já havia obtido nove bolsas de até 65%. Porém, a décima bolsa veio por meio do programa da Zayed University e da Minerva University, com pelo menos 75% da bolsa.

Rhayssa decidiu optar pelo estudo interdisciplinar, que envolve diversos cursos de transformação empresarial, inovação social e tecnologia, e durante os 4 anos de cursos, ela visitará 8 campi no planeta; eles estão:

São Francisco, EUA;
Seul, Coreia do Sul;
Hyderabad, Índia;
Berlim, Alemanha;
Buenos Aires, Argentina;
Londres, Inglaterra;
Taipei, Taiwan;
Abu Dhabi, Emirados Árabes Unidos.

Em suma, o aluno explica que um dos objetivos do programa é trazer aos alunos diferentes realidades sobre cultura, economia e política.

“Fui rejeitado nessa universidade [Universidade Minerva] em dezembro. Até ver esse programa, me candidatei e fui um dos 30 alunos no mundo que conseguiram uma vaga nesse ciclo”, explica.

Além disso, Rhayssa soube da aprovação por meio de uma reunião online com o representante do programa e as demais pessoas aprovadas.

“Foi muito inesperado. Ele anunciou que eu tinha passado e que ia começar a estudar. Foi uma loucura. Estou quase morto. As outras pessoas ficaram de cara feia, o que já esperavam. Desmaiei lá na sala “, ela explica emocionada.

Rhayssa já tem uma bolsa de 75% garantida para acompanhar o curso. No entanto, a jovem aguarda a confirmação de 100% das mensalidades pagas pelas universidades.

Portanto, precisa de uma reserva financeira para cobrir os custos da viagem. A jovem criou uma campanha online para arrecadar pouco mais de R $ 35 mil.

A quantia deve ser recebida até meados de agosto, pois ele pretende partir para Abu Dhabi no dia 18, com o início das aulas no dia 19 de agosto.

Eu acho que existe esse conhecimento dentro de cada um, mas eu queria colocar em prática. Descobri este mundo de estudo um pouco tarde. Embora não tenha preparado toda a minha vida, como muitos fazem, consegui. Estou muito feliz ”, conclui.

Deixe um comentário